DISCIPLINAS

Saúde

Doenças no trabalho

Esforço físico e movimentos repetitivos podem gerar problemas.

A  A  A     

20 de setembro de 2005

Muita gente não imagina, mas pode acabar com um problema de coluna pela postura errada no trabalho ou até mesmo por movimentos repetidos durante muitas horas. Uma pesquisa realizada na Universidade de São Paulo (USP) indica que pelo menos 300 mil trabalhadores paulistanos têm síndrome Dort, abreviação para Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho, e 508 mil correm risco de desenvolvê-la.

Segundo o médico ortopedista André Lima, a Dort é causada por esforço físico e movimentos repetitivos, fatores de estresse e por condições de trabalho inadequadas. Qualquer articulação pode ser afetada, sendo freqüentes as dores nos ombros e punhos. O médico explica que um simples monitor de computador fixado acima ou abaixo do nível dos olhos pode provocar dores no pescoço.

Outra doença comum é a lombalgia, que é causada por uma sobrecarga na coluna lombar. “Cerca de 80% dos brasileiros têm ou terão lombalgia”, afirma o fisiatra Eduardo Sadisgurschi.

Postura errada causa lombalgia

 

 

De acordo com os médicos, donas-de-casa, balconistas, professoras, empregadas domésticas, além de outros profissionais que trabalham muito tempo em pé, costumam relaxar os músculos das costas assumindo uma postura encurvada. Essa má postura causa o aumento da curvatura lombar, levando a uma compressão dos últimos espaços nas vértebras.

“Isso acarreta dor na coluna lombar, a lombalgia, que causa sensação de queimação e de dor, acompanhada de formigamentos que se irradiam para os membros inferiores”, afirma o ortopedista. Pessoas que trabalham sentadas, como secretárias, dentistas e profissionais de informática, também podem sofrer de lombalgia e de males como a Dort.

Cuidados básicos no trabalho

O ortopedista André Lima diz que as empresas podem evitar que os funcionários desenvolvam estes tipos de problemas. “Basta seguir cuidados básicos no ambiente de trabalho e respeitar as regras mínimas de ergonomia (ciência que estuda a integração física do trabalhador com o seu ambiente de trabalho)”, lembra o médico.

Ambos os especialistas alertam que a melhor solução é prevenir o aparecimento dessas doenças. “O empregador pode oferecer aos trabalhadores boas condições de trabalho, com a instalação de suportes para computador, mesas e cadeiras. Assim, evitam-se faltas e licenças médicas de funcionários, além de gastos extras na empresa”, explica o fisiatra Eduardo Sadisgurschi.

Os funcionários também podem ajudar. “São recomendadas pausas de dez minutos a cada duas horas de atividade que se faça com repetitividade excessiva ou postura inadequada. Durante essas pausas recomendam-se exercícios de alongamento específicos para a musculatura sobrecarregada. É aconselhável alongar os dedos e o punho”, recomenda André Lima.

Dicas para não errar

- Na hora de utilizar teclados de computador observe se os cotovelos estão na altura no aparelho. Assim você evita deixar o peso do corpo sobre o punho.

- Quando estiver sentado, não cruze as pernas ou sente em cima delas. O melhor é apóia-las em um caixote. Desta forma você não fica com a coluna envergada nem joga o peso do corpo sobre elas.

- O monitor do computador deve estar no nível dos olhos para não ficar com a postura errada olhando mais para cima ou mais para baixo.

- A cadeira não deve ser reta, mas sim vazada na coluna lombar para que a pessoa se acomode corretamente.

- Após duas horas de movimentos repetidos, deve-se dar um intervalo de dez minutos. Durante esse tempo é aconselhável que se alongue os dedos e os punhos. Na dúvida de como fazer, peça ajuda a um profissional de fisioterapia para lhe ensinar.

- Evite ficar de pé em ambientes com músicas altas durante o dia todo. Com o passar do tempo o barulho se torna estressante e agrava problemas como lombalgia e dor no pescoço.

- Praticar exercícios é fundamental para quem tem problemas de lombalgia ou Dort. Natação e hidroginástica são os mais recomendados, pois diminuem as chances de impacto.

- Quem já tem os sintomas deve procurar uma clínica de ortopedia ou reumatologia para que seja indicado o tratamento mais adequado. Tratamentos de Reeducação Postural Global (RPG), hidroterapia e acupuntura podem ser indicados.



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões