DISCIPLINAS

Profissionais de Sucesso

Sempre uma entrevista com um
grande profissional!

Química no sangue

Felipe Rivera | Químico Industrial

A  A  A     

Presente em quase tudo na natureza, a química é a ciência que estuda a matéria e as mudanças sofridas por ela durante as reações químicas e a sua relação com a energia. Esse estudo é realizado pelo químico industrial, profissional que trabalha na pesquisa e no desenvolvimento de novos processos e produtos. Químico industrial, Felipe Rivera explica as particularidades da profissão, analisa o mercado de trabalho e as possibilidades para o profissional e comenta as qualidades necessárias para quem tem interesse na profissão.

O que faz um químico industrial?

O químico industrial é um profissional com domínio de conhecimentos fundamentais dos fenômenos químicos e bioquímicos e suas aplicações em escala industrial. É um profissional voltado essencialmente para a pesquisa e o desenvolvimento de novos processos e produtos químicos, para o acompanhamento dos processos industriais, para o controle da qualidade e para os aspectos ligados ao meio ambiente.

Como é o curso de Química Industrial? Tem muito cálculo? Tem muita aula prática?

Para quem gosta de química, o curso é muito interessante e abrangente. Nos primeiros anos são cursadas as disciplinas de conhecimentos fundamentais como as químicas (geral, orgânica, inorgânica, analítica e físico-química), as físicas e os cálculos. Essas disciplinas servem de base para o estudo das disciplinas posteriores como bioquímica, cinética química, química de materiais, análise instrumental e química ambiental. Durante o curso são vistos também os diferentes tipos de tecnologias de processos químicos e bioquímicos, bem como o controle, qualidade e segurança desses processos. Além disso, o curso conta ainda com algumas disciplinas voltadas para a gestão industrial e empresarial, que permitem ao químico industrial estender o campo de atuação profissional para o mundo dos negócios.

Por ser um curso que estuda essencialmente as ciências exatas é comum ter matérias com cálculos em todos os períodos. Além de cálculo diferencial e integral, o curso conta ainda com disciplinas como estatística, álgebra linear e cálculo de processos. Essas disciplinas servem como ferramentas para o estudo das disciplinas mais avançadas do curso como fenômenos de transporte, termodinâmica, cinética química, cálculo de reatores, introdução às operações unitárias, dentre outras.

O curso apresenta aulas práticas, mas com menor frequência se comparado, por exemplo, a um curso de bacharelado em Química. No início do curso, temos aulas de laboratório de química geral, orgânica, analítica, físico-química, bioquímica e laboratórios experimentais de física. No decorrer do curso, temos ainda aulas práticas de microbiologia, tecnologia de processos químicos orgânicos e inorgânicos, análise instrumental. Existem ainda diversas disciplinas eletivas experimentais que podemos cursar.

As aulas práticas são interessantes para uma melhor compreensão do que se aprende numa disciplina teórica. Além disso, as aulas práticas são essenciais para que o profissional aprenda como trabalhar dentro de um laboratório. Existem diversos tipos de laboratórios e cada um deles tem suas próprias particularidades sobre como trabalhar.

Quais são as possibilidades de trabalho para um profissional que se forma na área? Onde pode trabalhar um químico industrial?

São inúmeras as possibilidades de trabalho de um Químico Industrial. O profissional pode atuar em qualquer setor que se utilize de processos químicos e bioquímicos, como o setor de combustíveis, sucroalcooleiro, polímeros, alimentos, têxtil, metalúrgico, cerâmico, petroquímica, farmoquímica, perfumaria e cosméticos. O químico industrial pode trabalhar com a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, realizar o controle de qualidade, supervisionar a operação industrial e manutenção de equipamentos, realizar estudos técnicos e técnico-econômicos, tratar os resíduos industriais, trabalhar com assuntos regulatórios e atuar no magistério.

 

Quais são as características necessárias para um bom químico industrial?

Um bom químico industrial deve primeiramente amar a química! O curso não é fácil, requer muita dedicação e estudo. O químico industrial deve ser um profissional analítico, com grande conhecimento técnico/teórico e com capacidade de combinar o conhecimento técnico com a visão de negócio. Isso é importante porque na indústria, as rotinas de trabalho geralmente implicam em analisar os impactos que um determinado processo ou produto pode ter na economia da empresa. Isso vai desde a escolha das matérias-primas e dos processos até o padrão de qualidade final desejado para o produto.

Como estão as perspectivas de trabalho para um jovem que escolhe a profissão?

O mercado de trabalho está muito exigente quanto aos profissionais que absorve. Pelo que tenho visto, as empresas buscam profissionais qualificados e com experiência, o que dificulta a busca inicial de emprego pelos recém-formados. É interessante que o jovem que escolhe a profissão procure conhecer as áreas em que pode atuar e escolha aquela que tenha mais afinidade. Fazer cursos extracurriculares, ter domínio de outros idiomas, realizar iniciação científica e participar de programas de intercâmbio sempre são pontos positivos para o desenvolvimento durante o curso de graduação. Existem hoje vagas disponíveis em diversos estados do Brasil, com foco nas regiões sudeste e sul. As oportunidades são na maior parte em pesquisa e desenvolvimento, meio ambiente e qualidade.



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões