DISCIPLINAS

Profissionais de Sucesso

Sempre uma entrevista com um
grande profissional!

A música no coração e na sala de aula

Fabrício Santos | Músico

A  A  A     
Nas artes, sensibilidade e paixão pelo trabalho são alguns dos pré-requisitos para o profissional. No caso do músico, essa paixão passa pelas notas tocadas ou cantadas em seu dia a dia, seja de estudo ou trabalho. Músico profissional, Fabrício Santos fala da importância do curso de graduação para um músico, avalia o grau de evolução do curso de música no Brasil e comenta como anda o mercado de trabalho para o músico que está saindo da faculdade.
 
Qual é a importância da graduação em música para um músico?
 
A profissão de músico, como em qualquer outra área artística, não exige que o profissional tenha um diploma para ser exercida, e nós sabemos que grandes mestres das artes não passaram pela academia. Por outro lado, dentro de uma universidade, o músico tem a oportunidade de conviver com diversas áreas que estão ligadas à música de forma direta ou indireta. As discussões que por lá acontecem, sendo nas matérias especificas como harmonia, percepção, dentre outras, ou nas matérias mais teóricas, como antropologia e sociologia, são importantes para que o músico abra a cabeça para novas possibilidades de trabalho ou mesmo novas possibilidades dentro do seu próprio trabalho como músico de performance.
 
Como é a graduação em música no Brasil? Existem especializações na área?
 
A graduação em música no Brasil ainda se encontra muito ligada aos moldes dos conservatórios tradicionais europeus, àquela visão de formação de gênios para atuarem em salas de concerto e orquestras. Ainda temos muito a desenvolver na questão de trazer para a faculdade de música a música de tradição popular e suas formas de transmissão de conhecimentos. As especializações são relacionadas às áreas que o graduando escolheu para sua formação, podendo ser na educação musical, na área de performance, regência e composição, dentre outras.
 
Como são as aulas do curso? O aluno já precisa saber tocar algum instrumento? O que se aprende no curso?

Para o ingresso no curso de música, o aluno já deve ter conhecimento de teoria musical, já deve saber ler partituras e tocar um instrumento. Dependendo do curso que se escolhe, o programa que deve ser apresentado com o instrumento na hora da prova pode variar de uma simples demonstração de conhecimento do instrumento a até peças do repertório erudito. No curso, o aluno estuda algumas matérias consideradas base para todos (percepção, harmonia, história da música...) e as matérias especificas para o curso que foi escolhido.

Quais são as características pessoais necessárias para quem pretende se graduar em músico?
 
A pessoa que se envolve com arte deve ter amor ao que faz e muita dedicação. Não se forma um artista em quatro anos. A formação e o amadurecimento de um artista acontecem ao longo de uma vida inteira, com muita prática e disciplina.
 
Quais são as oportunidades de emprego para um músico com diploma?
 
O diploma abre algumas portas para o profissional que pretende trabalhar com música. Muitos músicos ingressam em orquestras profissionais, e a área da educação musical também é uma opção. Através da lei 11.769, de 18 de agosto de 2008, que tornou obrigatório o ensino de música das escolas de todo o país, os músicos entraram para as escolas como professores e desenvolvem bons trabalhos de musicalização por lá.
 
Como está o mercado de trabalho para quem está se formando?
 
O mercado para quem trabalha com arte é sempre apertado, mas, com certeza, a especialização do atuante da área de música é um caminho que pode ajudar, e muito, na trajetória profissional.
 



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões