DISCIPLINAS

Notícias

Após assembleia, professores da UERJ decidem entrar em greve

A  A  A     

06 de junho de 2012

Dentre as reivindicações estão a dedicação exclusiva e a recomposição salarial de 22%

Após assembleia realizada ontem no campus do Maracanã, os professores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) decidiram entrar em greve. Eles pedem um reajuste imediato de 22% e a criação de um plano de recomposição dos salários. Outra reivindicação diz respeito a implantação do regime de trabalho em dedicação exclusiva. Segundo a Associação de Docentes da UERJ (Asduerj ), a instituição é a maior do país e ainda não possui a modalidade.

A direção da Asduerj já vinha debatendo a possibilidade de paralisação no segundo semestre, mas os professores decidiram antecipar após o governo do estado entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que contesta o pagamento de triênios aos servidores. Eles afirmam que estão há 11 anos sem reposição da inflação e as perdas salariais chegam a 60%.



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões