DISCIPLINAS

Nutrição

Toxinas ambientais

A  A  A     

27 de agosto de 2010

Por Maribel Gonçalves de Melos

Estamos continuamente expostos às toxinas ambientais - produtos de uso doméstico, cosméticos, medicamentos, agrotóxicos, corantes e aditivos, poluição, metais tóxicos, antibióticos e vacinas nos alimentos.

Estas toxinas sobrecarregam nosso sistema de defesa e consomem nossos nutrientes essenciais, resultando em deficiências nutricionais, hipersensibilidades alimentares, fadiga, dores, enxaquecas, alterações gastrointestinais (azia, diarréia, constipação, gases...).

Como nos defender, então?

Coloco aqui algumas dicas para reduzir os poluentes ambientais no dia-a-dia. Veja o que você pode fazer:

- lavar frutas e verduras abundantemente

- dar preferência aos produtos da safra que requerem menores quantidades de agrotóxicos durante o cultivo

- comprar alimentos próprios da região de residência

- evitar os alimentos comumente conhecidos pelo alto índice de agrotóxicos (batata, tomate, pimentão, mamão, morango, pêssego)  

- dar preferência aos alimentos orgânicos, principalmente àqueles de maior consumo

- variar os alimentos consumidos evitando sobrecarga de toxinas ( ex: evite comer frango ou carne vermelha todos os dias)

- evitar o pior plástico – policarbonato (número 7)

- não aquecer alimentos em plástico no microondas ou em banho-maria

- não congelar alimentos em recipientes plásticos

- não tomar café ou chá quente em copos plásticos

- reciclar o lixo para reduzir o impacto ambiental

OBS: Maribel Gonçalves de Melos é nutricionista.
 



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões