DISCIPLINAS

Nutrição

Fim de ano sem exageros

A  A  A     

08 de dezembro de 2014

Mantenha a boa forma

O fim do ano está chegando e o sinal vermelho se acende para quem está de dieta. Entre tantas comemorações - as ceias de Natal em família, as festas na empresa, na faculdade, no cursinho, na academia, o Reveillon - fica difícil fechar a boca e ter disciplina: come-se em excesso e compromete-se a dedicação de todo o ano.

Mesmo para quem não está de dieta, não é legal exagerar. Pratos muito gordurosos e excesso de comida sobrecarregam o organismo. E se o exagero fica por conta das bebidas, o estrago ainda é maior, provocando azia, mal-estar e dor de cabeça.

Portanto, coma e beba com moderação e bom senso. Quem está de regime deve optar pelas saladas e pelas carnes brancas, como peru. Na sobremesa, pode aproveitar a variedade de frutas da estação e “se segurar” nas castanhas, nozes e rabanadas que são bem mais calóricas.



Se a comemoração for fora de casa, tome cuidado com certos pratos que devido ao calor e a má conservação estragam com facilidade e podem acabar com a sua festa. É o caso de maioneses, pratos à base de iogurte, sanduichinhos de frios, saladas e pratos que levam tomates não cozidos, entre outros.

Uma boa dica é comer alguma coisinha antes de sair, para não chegar nas festas com aquela fome e vontade de devorar todas as guloseimas que estiverem na sua frente. Uma refeição leve ou uma barrinha de cereal ajuda a controlar o apetite e a evitar exageros.

Algumas dicas

Beber de estômago vazio, nem pensar! Os efeitos podem ser muito ruins. Para  moderar o consumo do álcool, alterne com refrigerantes, sucos e até mesmo água.

Alguns pratos como lombo, pernil e tender já são tradicionais nas ceias de natal, porém são gordurosos e devem ser evitados ou apenas “beliscados”,  pois são de difícil digestão.

Se você participar da organização do cardápio da ceia, invista nos pratos coloridos e capriche nas saladas. Quiches também podem ser uma boa pedida, principalmente os de sabores diferentes como o de alho-poró e o de tomate seco com berinjela. Use também carnes magras, como peru e bacalhau, e arroz com legumes para acompanhamento.

Fuja das ressacas

Quando exageramos na bebida, o fígado produz enzimas que “digerem” o álcool. O excesso de produção dessas enzimas desregula o organismo e, como conseqüência, causa “aquela” ressaca.

Quanto maior o teor alcoólico, maior é a rebordosa. Bebidas destiladas, como  vodka e uísque, são menos recomendadas pois são absorvidas mais rapidamente do que a cerveja, por exemplo, que é fermentada.

Quem não está acostumado a beber pode ter reações com pequenas doses. Pessoas que bebem com freqüência têm o fígado “treinado” para produzir as tais enzimas que quebram o álcool. Mas, é bom lembrar que quando se está muito cansado ou estressado, a capacidade de absorção do álcool fica reduzida.

Alimentos gordurosos também deixam a absorção do álcool mais lenta. Cuidado, portanto com as frituras e gorduras saturadas, como a da carne de porco.

Vitaminas do complexo B ajudam a evitar a ressaca, se uma pequena dose for tomada algumas horas antes da festa. Mas, atenção! Procure sempre beber socialmente. Não saia já com a intenção de exagerar na dose.

Desintoxicação

Se você exagerar na noite da festa, aproveite para passar o dia seguinte descansando e fazendo uma boa desintoxicação para limpar o organismo e repor as energias.

Se ficar em casa, faça uma dieta de líquidos, à base da água-de-coco e dos caldos leves. Beba bastante água, que ajuda a hidratar o organismo e a eliminar as toxinas. Chás à base de hortelã, boldo, maçã, erva-cidreira, jasmim, abacaxi ou gengibre têm efeito digestivo e podem ajudar a aliviar o exagero na comilança.

Se for muito difícil ficar apenas com os líquidos, prefira as frutas e os vegetais.

Contabilize as calorias antes de exagerar

Panetone – 1 fatia média (45 g) – 122 cal
Nozes – 1 punhado – 209 cal
Castanha de caju – 1 punhado – 202 cal
Peru – 1 coxa (80 g) – 124 cal
Cerveja – 1 lata (355 ml) – 155 cal
Vinho branco ou tinto secos – 1 taça – 107 cal
Vinho branco doce – 1 taça – 176 cal
Champanhe – 1 taça – 85 cal
Água de coco (300 ml) – 66 cal
Água – zero



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões