Nutrição

Couve manteiga

A  A  A     

03 de junho de 2007

Por Maribel Gonçalves de Melos

A couve é da família das crucíferas, assim como a couve-flor, couve de Bruxelas, brócolis, couve-chinesa e repolho. Os membros da família das crucíferas são excelentes fontes de compostos funcionais como isotiocianatos, indóis, tiociananatos e nitrila, substâncias químicas que podem oferecer proteção contra o câncer.

Para que estas substâncias benéficas sejam liberadas e aproveitadas por nosso corpo é fundamental que sejam trituradas ou mastigadas ainda cruas e sem a presença de substâncias ácidas. Portanto, nada de consumi-las com bastante vinagre ou limão. Tampouco serve aquela couve muito cozida que já está quase marrom. É preciso que esteja bem verdinha.  

Ao ser mastigada ou triturada ocorre a liberação de uma enzima chamada mirosinase que libera seus bioflavonóides. Além disso, o vegetal é rico em vitaminas e sais minerais e portador de boa quantidade de ferro, cálcio, potássio e ácido fólico. 

A couve crua contém mais vitamina C do que a encontrada nas frutas cítricas, e esta vitamina aumenta a capacidade de absorção de ferro e cálcio pelo nosso organismo.


O cálcio contido na couve é 57% mais disponível para absorção contra 37% do cálcio dos produtos lácteos, sendo portanto fonte ideal para quem necessita de maiores teores de cálcio, mas não pode consumir lácteos.

Para as pessoas que preferem comer a couve ligeiramente cozida, é melhor prepará-la no vapor, utilizando seu próprio líquido, para conservar seus nutrientes. Ao fervê-la com água, perde-se uma parte dos minerais e vitaminas que ficam dissolvidos na água.

Para aqueles que não são muito fãs de couve, pode-se preparar o suco de couve da seguinte forma:

- 1 maço de couve verde lavado sem os talos brancos
- enrolar as folhas umas sobre as outras e cortar em tirinhas, bater no liquidificador com 1 copo de água.
 
Assim que estiver bem triturado, coloque em uma forma de gelo e leve ao congelador ou freezer. Após o congelamento, retire os cubinhos e conserve em um pote fechado no freezer para usar conforme a necessidade. Coloque dentro do molho de tomates, feijão ou utilize no preparo de arroz. Aproveite assim seus nutrientes e a baixa caloria do produto.

Calorias: 25 cal
Vitamina A: 650 RE
Vitamina C: 108 mg
Cálcio: 330 mg
Fósforo: 66 mg
Sódio: 60 mg
Ferro: 2,2 mg
Vit B1: 96 mcg
Vit B2: 247 mcg

OBS: Maribel Gonçalves de Melos é nutricionista em Porto Alegre/RS.
 

 



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google
O seu portal de ensino online.
Assine agora!
4002-3131
regiões metropolitanas
0800 283 0649
demais regiões
Fale Conosco Fechar