DISCIPLINAS

Em Forma

Os benefícios do Alongamento

A  A  A     

02 de outubro de 2007

Relaxar o corpo, conseguir uma postura correta, melhorar a circulação sanguínea, acabar com dores musculares e até cólicas menstruais. Imagine unir todos estes benefícios em um só exercício. Isto é o alongamento!

O alongamento é composto por uma série de exercícios que trabalham a musculatura e postura corporal na parte cervical (pescoço), coluna, membros e região pélvica (próximo à virilha), toráxica e lombar (onde terminam as costas). Os exercícios de alongamento são indicados tanto para quem faz atividades físicas regularmente como para quem está sedentário há algum tempo.

Exercício para todas as idades

De acordo com o ortopedista Fernando Garcia, a musculatura se contrai nas atividades que fazemos
diariamente ou pela postura incorreta. O alongamento vai justamente relaxar o stress muscular, causado por um trabalho repetitivo ou por exercícios. Segundo Garcia, pessoas de todas as idades podem fazer alongamento, mas, como tudo que se refere ao corpo, é preciso consultar um médico antes de começar.

O melhor horário para se fazer os exercícios é de manhã. "Nesse horário, o corpo está vindo de horas de relaxamento provocadas pelo sono, se preparando para iniciar um dia de atividades e por isso está mais disposto", explica o médico. Mas, para as pessoas que têm má postura ou um dia de trabalho muito repetitivo, como usuários de computador ou dentistas, o ideal é que também façam alongamento após o trabalho.

Segundo Fernando Garcia, o ideal é que o alongamento seja realizado de duas a três vezes por semana. Para quem faz exercícios regularmente, ele recomenda que o alongamento seja feito antes e depois dos exercícios. "Antes dos exercícios o alongamento vai esquentar as fibras musculares para que elas não sofram com o movimento e depois das atividades físicas o alongamento vai relaxar os músculos", explica o ortopedista.

"O alongamento mudou minha vida"

A publicitária Elisa Mendes, de 39 anos, faz alongamento desde os 25. Segundo ela, os maiores benefícios são a postura correta, flexibilidade e maior facilidade para realizar exercícios. "O alongamento mudou a minha vida. Não sinto mais dor na coluna e realizo atividades com uma facilidade que as pessoas da minha idade não conseguem acompanhar. Tenho mais disposição para tudo", diz.

Mesmo quem faz aulas de alongamento há pouco tempo já sente mudanças com os exercícios. É o caso da economista Juliana Almeida, de 26 anos que faz aulas de alongamento há cinco meses. "Faço alongamento três vezes por semana antes do trabalho. Já me sinto mais disposta, com mais flexibilidade e livre de algumas dores musculares que eu sentia. Além disso, estou mais tranqüila e relaxada".

Confira os principais benefícios do alongamento:

- Auxilia em uma respiração adequada aumentando a oxigenação do sangue
- Diminui as tensões
- Reduz o risco de lesões
- Facilita a execução de movimentos no dia a dia
- Aumenta a autoestima
- Diminui dores musculares
- Auxilia na reabilitação de problemas estruturais
- Melhora o funcionamento de todos os órgãos vitais
- Aumenta a capacidade de concentração
- Ativa a circulação sanguínea
- Tranqüiliza e relaxa
- Auxilia no bom posicionamento da coluna vertebral
- Combate o stress
- Melhora a qualidade de vida

Para começar o alongamento, o primeiro passo é procurar uma academia de ginástica ou um local especializado neste tipo de exercício. Peça para fazer uma aula experimental. O ideal é que o professor faça os exercícios em um ambiente tranquilo e relaxante com uma música de fundo.

O alongamento vai testar os limites do seu corpo, portanto é comum que as dores ocorram no início, afinal você não está acostumado a fazer os movimentos propostos. Depois de alguns meses a sua flexibilidade vai aumentar e com isso a facilidade para realizar os movimentos também.

Se você quiser fazer alongamento no trabalho, no carro, em casa assistindo televisão, siga algumas dicas dos especialistas:

- Gire os pés nos dois sentidos; estique-os também para frente e para trás. Isso ativa a circulação das pernas e relaxa os pés.

- Faça o mesmo com os pulsos.

- Gire a cabeça e depois a incline para cada lado, fazendo uma leve pressão por 15 segundos.

- Cruze os dedos das mãos, gire as palmas para a frente, estique os braços.

- Eleve os dois braços e "caminhe" com os dedos no chão, até esticar bem todo o tronco. 



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões