DISCIPLINAS

Dia a Dia

Cuidados com a saúde vocal

A  A  A     

15 de março de 2009

Trate bem a sua voz

Por Tânia Bello

A voz é uma ferramenta muito potente de comunicação humana, por isso devemos cuidar muito bem dela.

Todas as pessoas podem ficar atentas, no seu dia-a-dia e construir hábitos saudáveis que contribuam para manter a sua saúde vocal evitando, assim, transtornos como disfonia (rouquidão) e afonia (perda da voz).

O cuidado deve ser maior ainda para profissionais que utilizam a voz como instrumento de trabalho. Professores, cantores, locutores, têm maior probablilidade de desenvolver problemas , como nódulos, por exemplo, que ocorrem devido ao uso frequente e inadequado das pregas vocais.

Em condições normais, a produção da voz ocorre da seguinte maneira: o ar expelido dos pulmões passa pelas duas pregas vocais que se localizam na laringe. Esta corrente de ar aproxima as pregas, fazendo com que elas vibrem e produzam o som. O processo deve acontecer de forma natural e sem esforço, o que muitas vezes não ocorre e pode desencadear alterações na voz.

Uma voz saudável é também fruto de uma mucosa íntegra. Nossas pregas são músculos cobertos por uma delicada mucosa, que pode ser afetada por fatores como inflamações do trato respiratório, fumo e uso bebidas alcoólicas. Em decorrência dessa agressão, normalmente surge o muco e o pigarro, que prejudicam ainda mais a produção da voz.

Portanto, caso você opte por ter uma voz saudável é importante reduzir e preferencialmente eliminar o álcool e o fumo, que aliás repercutirão em outros aspectos de sua saúde. Você sabia que o fumo é a segunda maior causa de câncer de laringe no Brasil?

Criar hábitos saudáveis é uma escolha. É sempre importante lembrar que para criar um hábito é necessário praticar com frequência, até que o comportamento torne-se natural e espontâneo.
Veja algumas dicas que você pode incorporar ao seu dia-a-dia. Sua voz vai agradecer e você  ouvirá a diferença...

Beba bastante líquido, o equivalente a 8 copos de água por dia, em temperatura ambiente;
Se a umidade do ar estiver muito baixa, ou se o uso de ar condicionado for frequente aumente a hidratação;

Evite tossir e pigarrear, pois as pregas vocais serão ainda mais agredidas, prefira deglutir a saliva como forma de aliviar a “coceira”e, sempre procure um especialista para fazer o diagnóstico adequado de tosses e rouquidão;

Não fale em ambientes ruidosos, a tendência é elevar o volume a custa de um esforço nas pregas vocais.

Poupe sua voz em casos de alergias, gripes, resfriados e também após o uso excessivo, que deve ser evitado. Lembre-se que existem outros recursos comunicativos, a voz, apesar de muito importante não é a única forma de se expressar.

OBS: Tânia Belllo é psicopedagoga e fonoaudióloga. Tem clínicas na Vila Formosa e na Vila Mariana, em São Paulo-SP e  está credenciada no Facilitando sua Vida.  

 


 



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões