DISCIPLINAS

Você Sabia?

Veja respostas para curiosidades e situações do nosso
cotidiano que envolvem o conhecimento científico.

O que é e para que serve a morfina?

A  A  A     

19 de novembro de 2009

A morfina é uma substância extraída do ópio e recebeu esse nome em memória do deus grego do sono, Morfeu. Um dos analgésicos mais ativos que existem, tem importante aplicação médica no controle de dores muito fortes, em casos de doenças graves, como câncer ou traumas violentos provocados por acidentes. Em 1973, cientistas descobriram que a morfina atuava em pontos específicos do encéfalo, na medula espinhal e em outras terminações nervosas. Por conta de abuso e de uso exagerado, começaram a surgir os primeiros casos de dependência à morfina na segunda metade do século XIX, durante as guerras franco-prussiana e civil americana. Altas doses do analgésico eram ministradas aos soldados feridos, e a disseminação do consumo fez com que a morfina se tornasse popular em todas as classes sociais da Europa e da América do Norte. A dependência é caracterizada por um desejo fortíssimo de tomar a droga e por crises de abstinência, nos casos de interrupção abrupta de consumo. A suspensão do uso causa irritabilidade, calafrios no corpo, convulsão, cãibras, cólicas, diarréia e vômitos. Os sintomas diminuem após alguns dias, mas o sofrimento do paciente é muito grande. Endorfina A palavra é formada pela junção endo (interno) + morfina, e significa uma morfina produzida naturalmente pelo organismo. Conhecida como um hormônio que pode aliviar dores e diminuir o estresse, a endorfina ganhou fama nos últimos anos principalmente por conta da prática de atividades físicas, ocasião em que é produzida e desperta sensações de bem-estar.



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões