DISCIPLINAS

Acontece

Últimos acontecimentos mundiais comentados e contextualizados, três vezes por semana no ar!

Tablets

Aparelho é um dos presentes mais pedidos pelas crianças no Natal.

A  A  A     

16/12/2014 · 08:27 · atualizado em 16/12/2014 10:36

O Natal está chegando e as crianças, em sua grande maioria, ficam empolgadas com a data. Elas esperam o ano todo pelos presentes que, normalmente, são prometidos pelos pais ao longo do ano. Os patins, videogames e bonecas são alguns brinquedos tradicionais, que aparecem com frequência na lista de pedidos. Entretanto, este ano o tablet  ganhou espaço e se tornou uma das mais recorrentes solicitações entre os pequenos.

Não é nenhuma novidade que a criançada se interessa por tecnologia e, neste contexto, o tablet se torna um verdadeiro brinquedo. Elas jogam, pintam, ouvem musiquinhas e  tiram fotos.  Esses usos destas ferramentas tecnológicas são significativos e relevam que eles fazem parte de uma geração que está imersa na cibercultura. Mas, alguns especialistas alertam que ter limite é fundamental.

Para psicóloga Sylvia Van Enck, do Grupo de Dependências Tecnológicas do Hospital das Clínicas de São Paulo, “não se trata de isolar a criança da tecnologia, mas muito da criatividade e da sociabilidade dela só pode ser desenvolvida a partir de outras atividades, longe das telas.”

Vale observar que o problema não é o contato da criança com os equipamentos digitais e sim, o excesso e uso inadequado.

Vale observar que o problema não é o contato da criança com os equipamentos digitais e sim, o excesso e uso inadequado. Muitos pais estão lançando mão destes aparelhos  para manter os pequenos calminhos, ou seja, uma espécie de babá eletrônica do século XXI.

Brincadeira de criança

O uso de tablets pelas crianças é algo tão comum hoje em dia que grupos de pesquisas se concentram no estudo desta temática. Uma investigação do Centro Médico Cohen para Crianças, nos Estados Unidos,  não desqualificou o uso das tecnologias digitais pelas crianças, no entanto, fez uma crítica sobre a utilização exagerada e a substituição dos livros e dos diálogos pelos dispositivos touchscreen. A proposta é dosar e interagir mais com as crianças por meio de livros não-digitais ou as tradicionais brincadeiras de roda, como exemplo.

No Brasil, a Universidade Aberta do Brasil (UAB) identificou que o uso demasiado dos tablets (computadores, smartphones e televisão) prejudica a visão das crianças e atrapalha o sono. De acordo com a oftalmologista pediátrica Rosane da Cruz Ferreira, "os olhos das crianças estão sendo prejudicados por causa da exposição prolongada à tela da televisão, smartphones, tablets, notebooks e videogame."

Desenvolvimento intelectual infantil

Segundo Vygotsky, pioneiro nos estudos sobre o desenvolvimento intelectual das crianças, “a criança desenvolve-se, essencialmente, através da atividade de brinquedo. Somente neste sentido o brinquedo pode ser considerado uma atividade condutora que determina o desenvolvimento da criança.” Sendo assim, é importante reforçar a necessidade das diferentes opções de diversão para a criançada, estimulando sempre a prática das atividades físicas e as situações imaginárias.



EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões