DISCIPLINAS

Acontece

Últimos acontecimentos mundiais comentados e contextualizados, três vezes por semana no ar!

Marco da Biodiversidade

Nova lei brasileira divide opiniões.

A  A  A     

22/05/2015 · 03:13 · atualizado em 22/05/2015 03:14

A perda da biodiversidade causada pelo impacto da ação humana no meio ambiente é uma questão central atualmente. Hoje, com a Terra ainda mais populosa e degradada, a humanidade discute a sobrevivência da própria espécie.

Com a finalidade de desenvolver a consciência dos países e também das empresas e cidadãos sobre a relevância da preservação da natureza, a Organização das Nações Unidas (ONU) elegeu o dia 22 de maio como o Dia Internacional da Biodiversidade.

A espécie humana é a única entre mais de dois milhões de seres vivos conhecidos que é capaz de alterar o planeta. Em menos de cem mil anos o homem domesticou plantas e animais, e converteu florestas em plantações e cidades. Foram produzidos tantos poluentes que rompeu-se o equilíbrio da atmosfera, fomentando a destruição da biodiversidade e as mudanças climáticas.

O que é Biodiversidade?

Biodiversidade é o nome dado à variabilidade dos seres vivos de todos os ambientes – terrestres e aquáticos e, até mesmo os micro-organismos que vivem no subsolo, em fendas vulcânicas marinhas e em suspensão nas nuvens. A biodiversidade diz respeito não só à riqueza de ecossistemas, mas também de genes.

As maiores ameaças à biodiversidade são conversão de terra (urbanização e agricultura), mudanças climáticas, poluição, explosão populacional humana, exploração insustentável dos recursos naturais, padrão insustentável de consumo, má distribuição de acesso às riquezas e introdução de espécies tóxicas. Pesquisadores afirmam que o homem provocou a maior onda de extinções da história da Terra.

Biodiversidade brasileira

O Brasil é o país com maior biodiversidade do mundo, abrigando 20% das espécies da Terra. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, temos aqui mais de 103.870 espécies animais e 43.020 espécies vegetais.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, temos aqui mais de 103.870 espécies animais e 43.020 espécies vegetais.

Visando proteger a biodiversidade brasileira e evitar mais extinções de plantas e animais, o Marco da Biodiversidade foi aprovado na última quarta-feira. A lei de número 7.735/2014 tem como principal foco incentivar pesquisas, diminuir a burocracia e promover o desenvolvimento de novos produtos farmacêuticos.

O Marco da Biodiversidade aborda diferentes temas, entre eles:

- o direito de participação dos povos tradicionais (índios, quilombolas, ribeirinhos e agricultores) nos debates e decisões sobre assuntos ligados à conservação e ao uso sustentável de seus conhecimentos tradicionais;

- empresas de pequeno porte estão livres do pagamento pela exploração econômica do patrimônio genético de espécies encontradas no Brasil;

- uso comercial da biodiversidade.

Para alguns ambientalistas, os povos tradicionais continuam desprotegidos e as empresas são as principais beneficiadas. Já os farmacêuticos defendem que as isenções irão estimular o setor.

Ao final, é importante reconhecer a necessidade de uma data internacional que celebre a biodiversidade, assim como uma lei nacional que facilite e estimule pesquisas.



EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões