DISCIPLINAS

Finanças Pessoais

Ensine os filhos a poupar

A  A  A     

27 de março de 2015

A relação com dinheiro sempre abre oportunidades para tomadas de decisão. Educar os mais novos para poupar desde cedo vai permitir o desenvolvimento de hábitos saudáveis nesta relação por vezes conturbada na vida adulta, já que as atitudes financeiras diárias terão impacto inclusive no comportamento futuro relacionado a investimentos.

As atitudes das crianças relacionadas ao dinheiro são moldadas cedo, logo nos primeiros 7 anos de vida, e uma vez aprendidas as boas práticas, é muito difícil mudá-las. Portanto, desenvolver atitudes saudáveis o quanto antes é muito importante, e os tradicionais cofrinhos são uma ótima maneira para começar.

Ao presentear seu filho ou outra criança com um destes, você o fará dar um grande passo rumo ao bom gerenciamento do dinheiro no futuro, principalmente se os pais souberem usar bem esta ferramenta.

Às vezes depositamos uma moeda ou nota e simplesmente esquecemos deles. Como na relação com os bancos isso não acontecerá, o ideal é manter contato permanente com os cofrinhos. Uma boa opção é escolher um modelo (cofrinho, porquinho, latinha) com abertura fácil. A cada 2 semanas, por exemplo, abra-o e conte as moedas e eventuais notas com a criança, mostrando o quanto está sendo poupado e como o montante está crescendo. O simples fato de contar já é uma boa ajuda para lidar com números de forma prática. O passo seguinte é perguntar o que poderia ser comprado com aquele montante, um exercício de imaginação com efeito poderoso! Além de permitir à criança sonhar com algo, também a ajuda a entender como fixar metas e persegui-las.

A partir daí, e dependendo da idade da criança, já é possível partir para objetivos maiores, definindo desde o início a meta a ser alcançada e os valores necessários. Se é um brinquedo, uma boa ideia é colocar uma imagem dele ao lado ou sobre o cofrinho, isso ajuda a fixar a vontade de atingir a meta. Este alvo vai ajudar a desenvolver responsabilidades e será muito útil no futuro da criança.

Um passo ainda maior, e certamente um grande avanço para o amadurecimento na relação com o dinheiro também é possível: nos Estados Unidos são comuns cofrinhos com divisões para poupar, gastar, investir e doar, como este abaixo:

Quando as crianças estiverem mais velhas e já souberem contar, apresente as notas e as diferenças de valores. Mostre aos pequenos a vantagem de poupar em vez de gastar, explicando como o valor pode crescer quando bem depositado. A receita é misturar observação e repetição para fixar os bons hábitos.



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

EDUCA

O seu portal de ensino online.

CONTATO

4002-3131

regiões metropolitanas

08002830649

demais regiões